Répteis da Amazônia

Thumb

Tartaruga


Com o corpo recoberto de placas córneas, a tartaruga da Amazônia passa os dias nos rios de águas calmas, nadando, alimentando-se e de vez em quando sai para respirar e tomar um pouquinho de sol para manter a temperatura do corpo. É incluída no gênero Podocnemis e pertence à ordem dos quelônios. Seus olhos possuem pálpebras superiores e inferiores.


São ovíparas, colocando seus ovos nas praias, durante a noite, em buracos que escavam na areia. Mesmo as grandes espécies aquáticas, que quase nunca pisam a terra, voltam às praias no período da reprodução. Tartarugas são animais de vida longa, podendo atingir centenas de anos. Atualmente também é uma espécie que recebe o cuidado de cientistas para que não corra o risco de extinção.


Jacaré


O jacaré é um dos maiores répteis brasileiros (só perde para as grandes cobras da Amazônia, como a sucuri). Comparável ao temido crocodilo africano, o jacaré amazônico chega a alcançar até 5 metros, mas em geral não ultrapassa 2 metros. Apesar de mais pacífico, pode tornar-se extremamente feroz quando ameaçado.


A temperatura do corpo do jacaré varia de acordo com o meio em que ele está, por isso precisa ficar exposto ao sol a fim de captar calor. Devido a grande procura de pele, o jacaré sofreu intenso processo de caça, cegando quase a extinção. Atualmente a caça ao jacaré é proibida, o que contribuiu para o reestabelecimento da espécie.



» Conheça Também

Thumb2

Turismo

Pontos turísticos do Amapá

O Marco Zero do Equador

É um dos pontos turísticos mais interessante da capital, pois Macapá é a única cidade do Brasil cortada pela Linha do Equador. Antigamente a Linha Imaginária do Equador era representada por uma......

Leia Mais

Thumb2

Lugares históricos

Relógio Municipal de Manaus

Instalado no início da Avenida Eduardo Ribeiro, o Relógio Municipal foi importado da Suíça e montado em base de pedra pela firma local Pelosi & Roberti, antigos ourives de Manaus. A construção de seu pedestal foi concluída no final de 1927,......

Leia Mais