Santo Antônio, bairro de Manaus

Thumb

O bairro  Santo Antônio, em  Manaus, possui uma história diferente da maioria dos bairros da cidade, tendo surgido de loteamento e não de invasão. 
Por ter como vizinhos os bairros da Glória, Compensa e São Raimundo, e pela sua proximidade com o Centro,  não demorou a sentir os impactos das transformações em Manaus.

A história do bairro Santo Antônio começa a partir da década de 1950, quando a sua área foi loteada e vendida por Joaquim Geraldo de Araújo, o famoso empresário amazonense mais conhecido por J.G. de Araújo, e por Isaac Benzecry. O terreno que ficava à direita da atual rua São José era de posses de J.G. e o do outro lado, era de Issac Benzecry, que pretendiam plantar seringueiras nesse LOCAL, porém o apogeu da borracha já entrara em declínio. AS terras foram, portanto, loteadas e vendidas.

Nesta época,  muitos ribeirinhos que vieram para a cidade em busca de melhores condições de vida , moravam em palafitas. Com a falta de planejamento urbano, ficaram às margens do rio Negro, formando um amontoado de casas sobre balsas que flutuava NO rio, a ?Cidade Flutuante?.  Estas  famílias foram retiradas das margens do rio e migraram para os bairros do Educandos, Compensa, Raiz, Petrópolis e algumas para o Santo Antônio, na época denominado loteamento Uirapiranga, que em tupi-guarani significa terra do pássaro vermelho.

Ainda na década de 1950,  Augusto Firmo de Souza, líder comunitário, apoiado pelo prefeito Paulo Pinto Nery, conseguiu trocar a iluminação do bairro, que antes era de candeeiro, para iluminação elétrica. Assim, o Santo Antônio passa a ser um dos primeiros bairros a ter luz elétrica, principalmente por estar próximo ao Centro da cidade, LOCAL onde primeiro se recebeu os resultados do avanço urbano.

O loteamento Uirapiranga logo mudou de nome. O bairro passou a ser conhecido por Morro do Bode, tudo porque um dos moradores de nome Sabino, criava bovinos e caprinos em áreas de declive, próximas à ponte Presidente Dutra, mais conhecida como ponte do São Raimundo, inaugurada em 1950.

Os demais moradores do loteamento não gostaram do apelido inusitado, dados por habitantes de bairros vizinhos, como Glória e São Raimundo, e incomodados com o apelido resolveram, NO dia 13 de Junho de 1950, fazer uma reunião com o padre Francisco, na casa do seu Zuza, para decidir que o bairro iria ter o nome de Santo Antônio, uma vez que a dita reunião foi feita justamente NO dia do santo. Sendo assim, o nome foi levado ao poder público para se tornar oficial, evitando AS chacotas.

O Santo Antônio já foi um matagal sem fim. . Antes era cercado por muito mato onde só existiam AS ruas principais, que ainda eram de barro. NO LOCAL existiam ruas surgidas entre AS décadas de 60 e de 70: a Santo Antônio, a São João, a São Francisco, a rua do Franco ( hoje Danilo Areosa ) , e rua Brasília, hoje Professora Evangelista Brown.

Na década de 1970, o bairro do Santo Antônio tinha água encanada . Na década de 80, ainda sofria com AS ruas esburacadas, sem asfalto, igarapés poluídos causando alagações e com a falta de saneamento básico, mas já possuía possuía linhas de ônibus. AS ruas foram asfaltadas entre 1996 e 1997.

Há muito tempo, os moradores dividiram o bairro em duas etapas, dando nome a cada uma delas de acordo com suas características: o Santo Antônio Manda Brasa era a parte do bairro próxima da antiga casa de show "Manda Brasa".  O  "Santo Antônio Igreja" é a área próxima a igreja e "Santo Antônio Areal" era em um LOCAL com muita areia.

A primeira construção social da comunidade foi uma pequena capela de palha, chamada de Santo Antônio, que hoje é a paróquia. Mais tarde teve inaugurada a Escola Estadual Lauro Bittencourt e, próximo a ela,  instalada uma delegacia de Polícia, uma associação de pais e mestres, exatamente aonde hoje é a Escola Estadual Liberalina Well. A partir de então, muitas outras construções foram realizadas.

Comércio variado

Nesses mais de 56 anos de história, o bairro desenvolveu um comércio diversificado, sem, contudo, ter uma rua específica que concentre AS atividades comerciais, que estão espalhadas por todo o bairro. Tendo sua rua principal, a São José, como ponto de referência, possui lojas de materiais de construção, padarias, farmácias, gráfica, distribuidoras de bebidas, escola infantil, bares, mercadinhos, lanches, etc.

Uma construção que marca o aspecto físico do bairro é a Feira do Produtor do Santo Antônio, localizada na rua principal e inaugurada em 1997, quando a feira que se situava NO estádio Vivaldo Lima foi retirada de lá, em 1996, transferindo e muitos feirantes migraram para o santo Antônio.

Lazer e tranquilidade

Outro ponto importante é a mini-vila olímpica, essa mais recente, de 2004, cujo nome é Centro de Esporte e Lazer do Santo Antônio Jair Sampaio, em homenagem a um velocista do bairro, que correu na São Silvestre.

O 5º Distrito Policial é um importante avanço para o bairro, como também será a instalação da Câmara Municipal de Manaus, cuja nova sede está sendo construída ao lado da feira.

O bairro conta com a política assistencialista, que ao longo de 10 anos vem aplicando dinheiro do povo para o próprio povo.

Hoje o bairro possui o ?shopping comunitário?, onde funciona centro de eventos comunitários, presta serviços funerários (velódromo) e fornecimento de água. Existe também o SOS Comunidade, que presta socorro com ambulâncias para locomover pessoas do bairro e de bairros adjacentes.

Os moradores consideram o bairro como um lugar muito bom e tranqüilo para se viver. E mesmo assim é reclamada a instalação de correios, loterias e, principalmente, de bancos, mostrando que o bairro ainda tem muito o quê avançar NO que se refere a qualidade de vida, mas é possível curtir um ótimo fim de tarde vendo o pôr-do-sol bem nas proximidades do rio Negro todos os dias.
TEM CURIOSIDADES SOBRE O BAIRRO SANTO ANTÕNIO? TEM FOTOS DO BAIRRO? Envie para portalamazonia@redeamazonica.com.br e divulgue


 


Fonte: Jornal do Commércio.



» Conheça Também

Thumb2

Animais

Aves da Amazônia

Com pelo menos mil espécies diferentes já catalogadas, o Amazonas é, sem dúvida, uma das regiões mais ricas do mundo em aves. Talvez essa riqueza se explique pela inerente estabilidade na floresta tropical entre os próprios animais e deste com o......

Leia Mais

Thumb2

Turismo

Fundação Municipal de Turismo de Manaus - Manaustur

A Fundação Municipal de Turismo é responsável pelas ações de divulgação da cidade como destino turístico e de melhoria das condições de atendimento aos visitantes e à própria população. A Manaustur atua também na promoção de eventos culturais,......

Leia Mais