Monte das Oliveiras, bairro de Manaus

Thumb
O bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus, foi fruto das invasões que vinham acontecendo nas regiões próximas como Novo Israel e Colônia Terra Nova, que datam desde 1986. A comunidade recebeu de início o nome de Colônia das Oliveiras, mas o martírio dos moradores causado por sucessivas invasões e desapropriações à base de mandados de reintegração de posse, que optaram por batizar o lugar como Monte das Oliveiras, em alusão ao local onde Jesus anteviu sua crucificação e depois foi preso pelos romanos.

A ocupação do bairro foi realizada por pessoas que queriam um espaço para morar. Foi a determinação dos moradores que garantiu a posse dos terrenos ocupados, uma vez que ocorreram muitas tentativas de despejos com auxílio de tropas da Polícia Militar, em cumprimento de mandados judiciais. Mas bastava as tropas se retiraram, que novamente
retornavam os invasores, sob a liderança da irmã Helena Walcott, missionária que organizou e ajudou a implantar grande parte dos bairros de Manaus originados de ocupações. A irmã Helena e aproximadamente 100 famílias ocuparam o local. Eram pessoas que vinham dos bairros das adjacências e que não encontravam terras suficientes para fazer uma casa. Com isso, começaram a ocupação e distribuição dos terrenos a partir de loteamentos, que foram separados para as famílias e distribuídos para a construção de prédios públicos como escolas e delegacias.

Desta época, a maior tensão ocorreu no mês de julho de 1992, ocasião em que mais de mil casas foram derrubadas e queimadas por determinação judicial, atendendo pedidos de
reintegração de posse dos supostos proprietários das terras. No entanto, foram as cenas de desespero dos moradores tentando resistir à ordem de despejo, transmitidas pelos meios de comunicação, que resultou no apoio da primeira-dama da época, Maria Emília Mestrinho, e este se mostrou decisivo para a consolidação do bairro. Maria Emília visitou o local, e garantiu o compromisso do então governador Gilberto Mestrinho para a desapropriação das terras e a conseqüente doação aos moradores.

Localização

O Monte das Oliveiras está situado na Zona Norte de Manaus, entre os bairros Terra
Nova, Santa Etelvina e Cidade Nova.

Compromisso de ficar nos lotes

Com a promessa de desapropriação das terras, os moradores firmaram o compromisso inédito, em se tratando de loteamento invadido, de que as terras seriam ocupadas por pessoas realmente carentes, evitando-se assim a prática da indústria das invasões, na qual os moradores vendem os lotes logo após a consolidação da comunidade. Com o bairro, os moradores iniciam o processo de reordenação das ruas e criam a primeira associação comunitária, definindo a data de fundação do Monte das Oliveiras em 18 de novembro de 1992. A partir dessa data, os moradores passam a comemorar o aniversário
do bairro com um bolo de um metro.

No dia primeiro de janeiro de 1993, o Monte das Oliveiras é oficialmente criado, com o governador Gilberto Mestrinho fazendo a entrega simbólica dos títulos de posse dos terrenos para alguns moradores. Porém, as melhorias para o bairro começaram a chegar somente em 1996, como o asfalto e energia elétrica, que era tão solicitada.

Poder público ausente

A situação atual do bairro, apesar de melhorias, ainda necessita de atenção por parte dos governantes. Existem poucos órgãos para atender à população, sendo que o poder público se faz presente no Monte das Oliveiras através do funcionamento do Caic (Centro de Atendimento Integrado a Criança), da casa do programa Médico da Família, de um posto médico de pronto atendimento e a 2ª Cicom (Companhia Interativa comunitária) da Polícia Militar.

No setor esportivo e lazer, o bairro possui três quadras esportivas, mas também podem contar com os espaços oferecidos pelas igrejas para a prática de jogos e outros entretenimentos. Igrejas essas, que se fazem presentes ao bairro como as católicas e evangélicas, um número expressivo.

Educação e segurança

O bairro é deficiente de escolas, possui apenas uma que atende somente alunos do ensino fundamental. Os estudantes que avançam para o ensino médio têm que procurar colégios de outros bairros. Quanto à segurança, o Monte das Oliveiras apresenta melhorias. Antes, o bairro era muito violento, as "galeras" roubavam os comércios e existia grande onda de assaltos. Mas, depois que foi implantado a 2ª Cicom no bairro a situação melhorou. O lugar passou a ser patrulhado por viaturas da companhia policial.

Economia em torno do comércio

O comércio local sobrevive de pequenos estabelecimentos, geralmente propriedade dos próprios moradores, que fornecem gêneros de primeira necessidade e de pequenas
feiras na avenida Grande Circular.

Fonte: Jornal do Commércio

Portal Amazônia - NR



» Conheça Também

Thumb2

Turismo

Manaus, casas noturnas

ANTARES Endereço: Av Pedro Teixeira, s/n - Dom Pedro Telefone: (92) 238-7358 CAFÉ GOURMET Funcionamento: De terça a sábado. Endereço: Av Tancredo Neves, s/n - Parque 10 Telefone: CAFÉ TEQUILA Endereço: Estrada da......

Leia Mais

Thumb2

Cidades

Pacaraima, município de Roraima

Pacaraima, Roraima

A história do município de Pacaraima está ligada à demarcação da fronteira com a Venezuela pelo Exército, se originando em torno do marco conhecido como BV-8, portal de entrada para o Brasil a partir......

Leia Mais