Povos indígenas no Amazonas

Thumb
No estado do Amazonas, existe espalhada - de acordo com o Programa Amazonas Indígena, elaborado pela Fundação Estadual de Política Indigenista (Fepi), da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - uma população indígena de 120 mil indivíduos de 66 etnias, que falam 29 línguas. É a maior população indígena do Brasil.

Confira as etnias

APURINÃ
Falam a língua apurinã, do tronco lingüístico aruak, e habitam ao longo do rio Purus e seu afluentes.

ARAPASO
Vivem no médio Uaupés, abaixo de lauareté, e no rio Negro e em São Gabriel da Cachoeira.

BANAWÁ
Também conhecidos por banawá-yafi, ocupam a região do rio Purus.

BANIWA
Vivem na fronteira do Brasil com a Colômbia e Venezuela, às margens do rio Içana e seus afluentes Cuiari, Aiari e Cubate, além de comunidades no alto rio Negro/Guainía (nome do rio Negro fora do Brasil, acima da foz do rio Casiquiare) e nos centros urbanos de Santa Isabel, São Gabriel da Cachoeira e Barcelos.

BARÁ
Falam a língua tucano e são também chamados de waípinõmakã. Habitam principalmente as cabeceiras do rio Tiquié, acima do povoado de Trinidad (Colômbia); o alto Colorado e Lobo (afluentes do Pira-Paraná).

BARASANA
Esse povo vive nos igarapés Tatu, Komeya, Lobo e Colorado, afluente do Pira-Paraná, e no próprio Pira-Paraná, em território colombiano, onde se encontra a maioria de seus indivíduos.

BARÉ
Habitam a calha do rio Negro, desde o Casiquiari até seu médio curso, e ainda o baixo rio Xíe.

DENI
Habitam a região dos rios Juruá e Purus, falam o arawá.

DESANA
Vivem na região do alto rio Negro, às margens do rio Tiqué e seus afluentes.

JIAHUI
Vivem na região do médio curso do rio Madeira, no sul do Estado do Amazonas.

HI-MERIMÃ
Praticamente desconhecidos, habitam a região do médio rio Piranha, entre o Juruá e o Purus, no Amazonas.

HIXKARYANAS
Vivem na região do Baixo Amazonas.

JAMAMADI
Grupo que se inclui entre os povos pouco conhecidos da região dos rios Juruá e Purus e que sobreviveram aos ciclos da borracha, em meados do século 19.

JARAWARA
Vivem na região do médio Purus e comercializam produtos que extraem da mata, como a castanha-do-Brasil, o látex, óleo de copaíba e sorva.

JUMA
São poucos indivíduos que vivem na região do rio Purus.

KAIXANA
Este grupo, que vive na região do alto rio Solimões, fala português e nheengatu, língua desenvolvida a partir do tupinambá.

KAMBEBA
Vivem na região do triângulo Jutaí-Juruá-Solimões.

KANAMARI
Outras denominações: tukuná e canamari. Também habitam a região do triângulop Jutaí-Juruá-Solimões.

KANAMANTI
Vivem na região do rio Purus e são conhecidos também por kanamati.

KARAPANÃ
Povo que, no Brasil, se encontra disperso em alguns povoados do Tiquié e Negro; na Colômbia, vive na região do Cano, afluente do rio Uaupés.

KATUENA
Habitam a região do baixo Amazonas.

KATUKIANA
No Amazonas, vivem na região do triângulo Jutaí-Juruá-Solimões.

KATURINA
Vivem na região do triângulo Jutaí-Juruá-Solimões.

KATURINA PANO
Vivem na região dos rios Juruá e Purus, próximos ao Estado do Acre.

KAXARARI
No Amazonas, habitam a região do alto Madeira, nas proximidades de Rondônia, e podem ser encontrados nos dois Estados.

KAXINAWÁ
Vivem no Peru e no Brasil, nos vales do Purus e Juruá, nos limites dos Estadps do Acre e do Amazonas.

KOKAMA
Conhecidos como Omáguas, no Amazonas habitam as Terras Indígenas Sa potal (município de Fonte Boa), Espírito Santo (município de Jutaí), Evaré I (municípios de São Paulo de Olivença e Tabatinga) e Kokama (município de Tefé).

KORUBO
Vivem na região do vale do Javari e são conhecidos como "caceteiros" devido ao hábito de utilizarem uma borduna como arma de ataque.

KUBEO
Presentes no Amazonas, onde vivem na região noroeste, às margens do rio Uaupés e seus afluentes (alto rio Negro), e na Colômbia.

KULINA PANO
Vivem em grupos familiares ao longo do Curuçá-Javari.

KURIPACO
Vivem na região noroeste do Amazonas, no baixo médio rio Içana (alto rio Negro), acima da comunidade de Matapi.

MADIHA-KULINA
Habitam as margens dos rios Juruá e Purus, avançando sobre o Estado do Acre.

MAKU
Vivem ao longe das calhas dos rios Tiquiê, Papuri, Traíra, Curicuriari, Negro e Japurá (alto rio Negro).

MAKUNA
Vivem principalmente no território vizinho da Colômbia. No Brasil ocupam a região do alto Castanha, afluente do Tiquié; o igarapé Onça (afluente do alto Tiquié); e o alto Tiquié.

MAWYANA
Fazem parte do grupo que habita a área Nhamundá-Mapuera, na região do baixo Amazonas, já nos limites com o Estado do Pará.

MARUBO
Maior etnia do vale do Javari.

MATIS
Vivem na região do vale do Javari,às margens do rio Ituí.

MATSÉ
Também chamados de mayoruna, vivem em grandes malocas às margens do igarapés Lobo e Quixito, no Parque Indígena do Javari, fronteira com o Peru.

MIRANHA
indios que habitam o triângulo Jutaí-Juruá-Solimões.

MIRITI-TAPUYA
Vivem na região noroeste do Amazonas, às margens do rio Uaupés e seus afluentes (alto rio Negro), e baixo e médio Tiquié.

MUNDURUKU
A maioria da população munduruku da bacia do Madeira habita a Terra Indígena Coatá-Laranjal, no município de Borba, no Amazonas. Parte deles, porém, vive fora dos territórios demarcados, ao longo da rodovia Transamazônica, nas proximidades de Humaitá.

MURA
Vivem no baixo e médio Madeira, de onde se espalharam no século 18 até São Paulo de Olivença, no Solimões; Oriximiná, no Trombetas;e a foz do Jamary, no sul.

MURA-PIRAHÃ
Habitam a região do alto e médio rio Madeira.

PARINTINTIN
Habitam a região do alto e médio rio Madeira.

PAUMARI
Povos indígenas do médio Purus.

PIRA-TAPUYA
Habitam a região noroeste do Amazonas, às margens do rio Uaupés e seus afluentes (alto rio Negro), e médio Papuri, nas proximidades de Teresina.

SATERÊ-MAWÉ
Concentram-se na região do baixo Amazonas, próximos às cidades de Maués, Barreirinha e Parintins, e às margens dos rios Maraú e Andirá.

SIRIANO
Sua maior população (665 indivíduos em 1988) encontra-se na Colômbia, mas pode ser encontrados também dispersos em rios da bacia do Uaupés e no rio Negro.

TARIANA
Atualmente vivem na região noroeste do Amazonasm às margens do médio Uaupés, baixo Papuri e alto Iauiari. O centro do povoamento fica entre as cachoeiras de Iauareté e Periquito.

TENHARIN
Consistem em três grupos indígenas que vivem no curso m+edio do Madeira, ao sul do Amazonas.

TIKUNA
Grupo étnico mais numeroso do Brasil, os tikunas ocupam 26 Terras Indígenas, habitando principalmente o alto Solimões, nos municípios de Benjamin Constant e Tabatinga, e se estendendo até o município de Manacapuru.

TORÁ
Vivem nas proximidades da foz do rio Marmelos, região do alto Madeira.

TSOHOM DJAPÁ
Perambulam pela região de cabeceira dos rios Jutaí, Curuena e Jandiatuba, no vale do rio Javari.

TUYUKA
Vivem na região noroeste do Estad, às margens do rio Uaupés e seus afluentes (alto rio Negro).

WAIMIRI-ATROARI
Vivem na região do baixo rio Negro/Solimões. São também conhecidos como Kinja Kinã, Uaimiry e Crichaná.

WAI-WAI
Ocupam a região dos rios Mapuera, Trombetas e Cachorro.

WANANO
Vivem na região noroeste do Amazonas, às ,argens do rio Uaupés, entre a cachoeira de Arara e Mitu, e seus afluentes (alto rio Negro).

WAREKENA
Habitam principalmente as margens do rio Xié e o alto rio Negro, do lado colombiano e venezuelano.

WITOTO
Vivem na região do alto Solimões, fronteira com o Peru e a Colômbia.

YANOMAMI
Vivem na região do alto e médio rio Negro, em terras brasileiras e venezuelanas.

YE´PÃMAHSA-TUKANO
Vivem na região noroeste do Amazonas, principalmente nos rios Tiquié, Papuru e Uaupés, e também no rio Negro, a jusante da foz do Uaupés, inclusive na cidade de São Gabriel da Cachoeira.

ZURUAHA
Habitam as terras altas da margem direita do rio Cuniuá, afluente do rio Tapauá, que por sua vez, é tributário do rio Purus.





» Conheça Também

Thumb2

Turismo

Hotéis de selva na Amazônia

Os hotéis de selva na Amazônia, situados no meio da floresta, oferecem um serviço bastante aconchegante. Os melhores oferecem suítes com ar condicionado, quartos arejados com visão da floresta e decoração amazônica, além de uma culinária deliciosa......

Leia Mais

Thumb2

Animais

Macaco Sauim-de-manaus

Nome comum: Sauim-de-manaus, Sauim-de-coleira

Nome científico: Saguinus bicolor

Classe: Mammalia

Ordem:......

Leia Mais