Real Forte do Príncipe da Beira

Thumb
O Real Forte do Príncipe da Beira foi construído durante governo de Luiz Pereira de Mello e Cáceres, governador de Mato Grosso durante 17 anos (1772/89). Coube-lhe a escolha da designação do Real Forte do Príncipe da Beira, em homenagem ao primogênito de D. Maria I, D. José II, príncipe da Beira, uma cidade em Portugal. Seu primeiro construtor foi o engenheiro militar Domingos Sambucetti. A conclusão das obras foi feita pelo engenheiro militar, sargento-mor Ricardo Franco d'Almeida Serra. Quando foi inaugurado o REAL Forte do Príncipe da Beira já não tinha mais importância militar devido aos vários acordos celebrados entre Portugal e Espanha e ao declínio acentuado do ciclo do ouro NO vale do Guaporé. Desse modo, o forte passou de quartel de vigilância e combate para presídio do governo imperial brasileiro e, posteriormente, do republicano, até ser totalmente esquecido NO meio da floresta. A mão-de-obra utilizada na construção do REAL Forte do Príncipe da Beira foi, principalmente, a de escravos negros e indígenas. Portal Amazônia 23.01.2006-GC

» Conheça Também

Thumb2

Lendas

O Mito do Boto

Em um universo fantástico e telúrico, onde forças primitivas e inimagináveis para o vulgo ainda predominam, lendas, crendices, histórias fabulosas de deuses, homens e animais são tão reais quanto os infindáveis rios e a vida ensolarada, e habitam......

Leia Mais

Thumb2

Culinária

Café da manhã Paraense


Vale dizer que a base da cozinha paraense, das iguarias mais rústicas ás mais sofisticadas vem das nossas avós tupis e tapuias, o que não pode fugir a regra tapioquinha, beijus, cuscuzes, rocas da tapioca, paçocas, a mandioca e o milho em si,......

Leia Mais