Real Forte do Príncipe da Beira

Thumb
O Real Forte do Príncipe da Beira foi construído durante governo de Luiz Pereira de Mello e Cáceres, governador de Mato Grosso durante 17 anos (1772/89). Coube-lhe a escolha da designação do Real Forte do Príncipe da Beira, em homenagem ao primogênito de D. Maria I, D. José II, príncipe da Beira, uma cidade em Portugal. Seu primeiro construtor foi o engenheiro militar Domingos Sambucetti. A conclusão das obras foi feita pelo engenheiro militar, sargento-mor Ricardo Franco d'Almeida Serra. Quando foi inaugurado o REAL Forte do Príncipe da Beira já não tinha mais importância militar devido aos vários acordos celebrados entre Portugal e Espanha e ao declínio acentuado do ciclo do ouro NO vale do Guaporé. Desse modo, o forte passou de quartel de vigilância e combate para presídio do governo imperial brasileiro e, posteriormente, do republicano, até ser totalmente esquecido NO meio da floresta. A mão-de-obra utilizada na construção do REAL Forte do Príncipe da Beira foi, principalmente, a de escravos negros e indígenas. Portal Amazônia 23.01.2006-GC

» Conheça Também

Thumb2

Lendas

Vitória Amazônica (vitória régia)

Há muitos anos, nas margens do majestoso rio Amazonas, as jovens e belas índias de uma tribo, se reuniam para cantar e sonhar seus sonhos de amor. Elas ficavam por longas horas admirando a beleza da lua branca e o mistério das estrêlas sonhando um......

Leia Mais

Thumb2

Turismo

Zoológico do CIGS em Manaus

O zoológico do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), em Manaus, possui 36 mil metros quadrados, abriga 285 animais de 56 espécies.

Em 1999, o local passou por uma reforma completa e foi ampliado em uma parceria do Exército,......

Leia Mais