Manaus

Thumb

Manaus, capital do Amazonas, é uma metrópole de mais de 1,5 milhão de habitantes. Como capital do maior Estado brasileiro e por reunir elementos da cultura amazônica com toda a infraestrutura de uma grande metrópole, é um dos maiores atrativos turísticos da região. A cidade possui belezas naturais, com parques ecológicos e uma sucessão de áreas verdes. Ao mesmo tempo oferece todo o conforto de uma grande cidade com grandes shoppings centers, largas avenidas, parque industrial e vigoroso comércio.

É uma terra de contrastes, que mescla natureza exuberante, polo industrial de alta tecnologia e os resquícios de um passado glorioso, no auge do comércio internacional da borracha.

Manaus surgiu na segunda metade do século XVII, com a construção do Forte de São José da Barra, na margem esquerda do rio Negro, cuja finalidade era proteger a região contra a invasão estrangeira. O nome da capital é referência aos índios Manaos, que habitavam o local.

Durante muitos anos, a cidade viveu praticamente isolada. No entanto, a partir do século XIX, com o crescimento do comércio internacional da borracha, cuja matéria-prima, o látex, era extraída das seringueiras nativas da floresta, Manaus começou a atrair a atenção de homens de negócio de todo o mundo.

No fim do século XIX, a riqueza gerada pela exportação da borracha financiou a construção, em plena selva, de prédios luxuosos que reproduziam os estilos arquitetônicos em moda na Europa.

Deseja mais informações sobre Manaus? Escreva para portalamazonia@redeamazonica.com.br


No Teatro Amazonas, um dos maiores símbolos do desenvolvimento econômico daquele período, se revezavam orquestras e companhias européias de ópera.

Com o declínio do comércio da borracha, Manaus passou por longo período de esquecimento.

Readquiriu importância econômica com a instalação de um parque industrial incentivado pela instituição da Zona Franca, em 1957. Hoje, destacam-se empresas que utilizam tecnologia de ponta para a produção nos setores de eletroeletrônicos, informática e comunicação.

Clima

Chove muito de dezembro a maio, deixando as cachoeiras dos arredores da cidade mais bonitas. No resto do ano, quando chove menos, surgem as praias fluviais no Rio Negro

Eventos

Fevereiro - Carnaval amazonense ? desfile das escolas de samba no Centro de Convenções "sambódromo"

Maio - Festival de toadas da Ponta Negra  e Festival de Ópera do Amazonas

Junho
Festival Folclórico do Amazonas 
Procissão Fluvial de São Pedro


Outubro

24 de outubro - Aniversário da Cidade de Manaus


Novembro


Amazonas Film Festival - Festival de Cinema Internacional realizado pela Secretaria de Cultura do Amazonas.


Dezembro - Reveillon na Ponta Negra




Dados da cidade

Manaus-Capital do Estado do Amazonas Região: Norte População: 1.527.314 habitantes DDD: (92)

Hospedagem

A maioria dos hotéis de Manaus se localiza no centro da cidade. São estabelecimentos adequados a viagens de negócios, mas que hospedam perfeitamente os turistas.

Também na área do Distrito Industrial de Manaus há concentração de hotéis, com toda a infraestrutura para hospedagem de executivos que visitam o Distrito a trabalho ou negócios.

No bairro Ponta Negra, à beira de uma praia fluvial, está instalado um grande resort com opções de lazer e estrutura para convenções. Para os que desejam se aventurar pela floresta amazônica, há as opções dos hotéis de selva, cujo acesso é feito por meio de barcos pelo rio Negro.

A culinária local tem como carros-chefe os peixes e vegetais amazônicos. Entre os pratos mais apreciados estão os preparados com peixes como tambaqui, matrinxã, jaraqui, pacu, pirarucu e tucunaré, assados, ensopados ou fritos.

Nas ruas podem-se provar quitutes típicos, como o tacacá, uma espécie de sopa preparada com tucupi, camarão seco, goma de mandioca e folhas de jambu. Para a sobremesa, recomendam-se as exóticas frutas locais, ao natural ou em sucos, sorvetes e doces. Açaí, araçá, abacaba, cupuaçú, graviola, buriti e taperebá são algumas das mais apreciadas.

Quem preferir pratos mais convencionais encontra opções variadas de restaurantes de outras cozinhas, como italiana, portuguesa, japonesa e internacional.

Saiba mais sobre hospedagem e restaurantes em Manaus nos sites abaixo: http://www.manausonline.com http://portalamazonia.globo.com


Como chegar

Via Aérea: o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes recebe vôos domésticos e de algumas cidades da América Latina e Miami. Via Rodoviária: o acesso rodoviário, a partir das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste é feito até Belém. Uma estrada asfaltada liga Manaus a Boa Vista, e à Venezuela. Da maioria das localidades situadas na Região Norte, a viagem é feita por meio de barcos e aviões de empresas aéreas regionais.

Há também ligações rodoviárias entre Manaus e cidades vizinhas. Principal rodovia de acesso: De Boa Vista a Manaus: BR-174

Serviços Manaustur - Fundação Municipal de Turismo Av. Sete de Setembro, nº 157 - Paço da Liberdade ? Centro Tel: +55 (92) 3622-4948/3233-1517/3234-4261 e-Mail: manaus@manaustur.com.br

Centro de Atendimento ao Turista

Tel: +55 (92) 3231-1998

Aeroporto Internacional Eduardo Gomes

Tel: +55 (92) 3652-1210

Rodoviária

Tel: +55 (92) 3642-5805 ou 3236-1280

Porto de Manaus

Tel: +55 (92) 3621-4359 ou 3621-4301

Agências Bancárias

A cidade possui inúmeras agências de bancos nacionais e internacionais. A maioria dos estabelecimentos comerciais aceita cartões de crédito.

Atrações

Teatro Amazonas

É o maior símbolo do apogeu econômico de Manaus. Tem 700 lugares e foi construído com tijolos trazidos da Europa, vidros franceses e mármore italiano. Nele já se apresentaram importantes companhias de ópera, teatro e orquestras internacionais. Parque Cultural, Esporte e Lazer Ponta Negra A praia da Ponta Negra, localizada a 13 km do centro de Manaus, é um dos importantes atrativos turísticos da cidade. O complexo possui quadras esportivas de areia, ciclovia, mirante, playground, um posto médico e um amplo calçadão com bares, restaurantes e lanchonetes. Dali pode-se admirar um extraordinário pôr-do-sol. Dispõe também de um moderno anfiteatro, com capacidade para 15 mil pessoas, camarim e toda a infra-estrutura para shows, sendo palco constante de diversos espetáculos populares.

Balneários Públicos

Tarumã, Tarumãzinho e Cachoeira das Almas, os igarapés (braços de rios) localizados nas proximidades da cidade, são fontes de lazer para a população nos finais de semana. Manaus possui vários balneários públicos ou "banhos", como são conhecidos, que ultimamente, encontram-se em fase de recuperação e urbanização. Há também vários clubes particulares que podem ser visitados.

Praias e Parques Ecológicos

Para os passeios às praias e parques situados nas proximidades da cidade, muitas vezes faz-se necessária a utilização de barcos. As praias aparecem logo após o início do período de vazante dos rios, que vai de agosto à novembro. No período de cheia, a partir de dezembro, as águas invadem a areia e a mata das margens.

Cachoeira do Paricatuba

Situada na margem direita do Rio Negro, num pequeno afluente, a cachoeira é formada por rochas sedimentares, cercada por uma vegetação abundante. O acesso é feito por via fluvial. O melhor período para visitação é de agosto à fevereiro.

Cascatinha do Amor

Localizada no igarapé do Guedes, de águas límpidas e frias, a cascata é acessível apenas por via fluvial e, depois, através de uma pequena caminhada pelo meio da floresta.

Praia do Tupé

A cerca de 34 km de Manaus, a praia é bastante procurada por banhistas nos feriados e finais de semana. O acesso é feito exclusivamente por via fluvial. Durante a cheia do Rio Negro a praia fica restrita a 20m de largura e, na vazante, atinge até 80m.

Praia da Lua

Localizada à margem esquerda do Rio Negro, a 23 km de Manaus. O acesso é feito exclusivamente por via fluvial. A praia tem o formato de uma lua em quarto crescente e possui vegetação de rara beleza natural, com uma grande extensão de areia e águas límpidas e geladas.

Cachoeira do Leão

Localizada no Km 34 da rodovia AM-10 (rodovia Manaus-Itacoatiara), um local agradável para passar o dia. É permitido banhar-se na cachoeira. A água é limpa e bem fria.

Anavilhanas

100 km acima de Manaus, nas proximidades do Município de Novo Airão, no Rio Negro, está Anavilhanas, o maior arquipélago de ilhas fluviais do mundo. Cerca de 400 ilhas cobertas de floresta virgem forma um verdadeiro labirinto natural. No período de seca, a descida das águas revela inúmeras praias de areias brancas e interessantes formações naturais de raízes e troncos.

Encontro das Águas

Fenômeno natural provocado pela confluência das águas escuras do Rio Negro com as águas pardas do rio Solimões, que se juntam para formar o Rio Amazonas. Por uma extensão de 6 km, as águas dos dois rios correm lado a lado sem se misturarem. Esse fenômeno se dá por haver uma grande diferença entre as temperaturas das águas e velocidade de suas correntezas. O Rio Negro corre cerca de 2 km/h a uma temperatura de 22ºC, enquanto que o Solimões corre de 4 a 6 km/h, a uma temperatura de 28ºC.

Jardim Botânico Adolpho Ducke

O Jardim Botânico Adolpho Ducke, dentro de uma reserva ecológica de 100 km², exibe o título de maior do mundo, com uma riqueza de espécies vegetais e animais.

Parque Municipal do Mindú

Localizado em área urbana, no bairro do Parque 10 de Novembro. Foi criado em 1992 para ser uma área de interesse ecológico. Possui uma área de 330.000 m2 (33 ha) de mata remanescente do município, servindo para atividades científicas, educativas, culturais e turísticas. É um dos últimos refúgios do sauim-de-coleira, macaco que só existe na região de Manaus e que está ameaçado de extinção. Nele pode-se caminhar em segurança por Quatro ecossistemas distintos: mata de capoeira secundária, mata de terra firme, mata de baixio e áreas degradadas que sofreram desmatamento ilegal em 1989. O Parque ainda dispõe de biblioteca, com um centro de informações sobre o meio ambiente ligado à Internet. Possui também estacionamento, anfiteatro para 600 pessoas, canteiros cultivados de ervas com propriedades medicinais e aromáticas, orquidário, trilha suspensa e sinalização visando desenvolver programas de educação ambiental.

Bosque da Ciência

Localizado em perímetro urbano, o bosque funciona nas dependências do INPA - Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia. A visita a esse local possibilita maior conhecimento sobre o meio ambiente amazônico, ao mesmo tempo em que permite desfrutar horas agradáveis passeando por suas trilhas e caminhos. As principais atrações do Bosque são: viveiro de ariranhas, tanques de peixe-boi, condomínio das abelhas, Casa da Ciência, trilhas educativas, viveiro de jacarés, jardim botânico, trilha suspensa, fauna livre, orquidário e bromeliário.

Zoológico ( CIGS) 

Aberto à visitação pública, é administrado pelo Exército Brasileiro e possui cerca de 300 espécies de animais da fauna amazônica, destacando-se os macacos, onças, ariranhas, cobras, jacarés, araras, antas e jabutis.

Tropical Manaus Eco Resort

É o maior hotel de luxo do Brasil, plantado no coração da floresta amazônica, às margens do Rio Negro. Possui 588 apartamentos e o mais amplo complexo de serviços de hotelaria, eventos, esportes, turismo e lazer. Distante apenas 10 km do Aeroporto Internacional Brigadeiro Eduardo Gomes e 16 km do centro da cidade de Manaus.

Compras Artesanato

Os habitantes da floresta e integrantes de tribos indígenas do Estado produzem peças como cestas, redes, utilitários e adornos, utilizando sementes, cipós, fibras e madeiras regionais. A Central de Artesanato Branco e Silva reúne no mesmo espaço lojas de artesanato e locais onde se pode saborear a comida típica do Estado do Amazonas. Peças artesanais produzidas pelos índios podem ser encontradas também no Museu do Índio e na loja Artíndia, mantida pelo órgão governamental Funai (Fundação Nacional do Índio).

Zona Franca de Manaus

Criada como área de livre comércio para desenvolver a Amazônia Ocidental, a Zona Franca de Manaus rapidamente se tornou um pólo de intensa atividade comercial e industrial. Em Manaus se concentram as principais indústrias brasileiras de eletroeletrônicos, relógios, bicicletas, computadores, brinquedos, jet skis, óculos e motocicletas, que abastecem o mercado interno. O comércio é vigoroso, oferecendo produtos de alta tecnologia a preços acessíveis.


Saiba mais, clicando aqui:


http://portalamazonia.globo.com/noticias.php?idN=62608&idLingua=1

Visite
o site de turismo do amazonas:


http://www.visitamazonas.am.gov.br/


 



 



» Conheça Também

Thumb2

Cidades

São Raimundo, bairro de Manaus

São Raimundo, bairro da cidade de Manaus.

A ocupação da área onde hoje está localizado o bairro do São Raimundo em Manaus teve início em 1849, quando o governo do estado doou ao Seminário São José o terreno que foi......

Leia Mais

Thumb2

Cidades

Manaus, Capital do Amazonas

História de Manaus

Na época das grandes explorações de países do velho mundo, começou a corrida por conquistas de novas terras. Em 1540 Francisco de Orellana, vindo do Peru, pretendia chegar a Espanha.

Ele......

Leia Mais