Portal Amazônia » Notícias » Matéria

economia

31/08/2012 às 19:44 Portal Amazônia, com informações do Dieese

Amazonas melhora distribuição de ganhos salariais, aponta Dieese

De acordo com a pesquisa, setores como a indústria e serviços tiveram reajuste salarial acima de 80% no Amazonas.

Os resultados das negociações no Estado indicam uma melhora com relação ao mesmo período do ano anterior

MANAUS – No primeiro semestre de 2012, quase todos os reajustes salariais no Sistema de Acompanhamento de Salários do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (SAS-Dieese) incorporou ganhos reais aos salários. Cerca de 97% dos 370 reajustes analisados neste ano ficaram acima da inflação aferida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (INPC-IBGE). Apenas 0,5% – o equivalente a dois reajustes salariais – ficou abaixo desse índice.

No Amazonas, foram analisadas 13 unidades de negociação no 1º semestre, que equivalem a 57% do total analisado no Norte e a 3,5% do total analisado no Brasil. Considerando os setores, 61,5% do total foram de negociações da indústria e os outros 38,5% do setor de serviços. Nenhuma negociação do comércio foi observada.

Os resultados das negociações no Estado indicam uma melhora com relação ao mesmo período do ano anterior. Considerando o período de 2008 a 2012, verifica-se que o primeiro semestre de 2012 foi o segundo melhor resultado da série, ficando atrás somente de 2010.

Os reajustes com ganho real totalizaram 84,6%. Negociação fixou o reajuste igual à inflação acumulada na data-base. Também houve melhoria na distribuição dos ganhos reais, aumentando a concentração em faixas com ganhos mais elevados.

Na faixa de ganho real entre 1,01% e 2% acima do INPC, ficaram 15,4% das unidades de negociação analisadas. Os ganhos reais acima de 4% passaram de 7,7% em 2011, para 23,1% em 2012. Os menores ganhos reais (entre 0,01% e 1% acima do INPC) foram verificados em 46,2% das negociações em 2012. O aumento real médio das negociações analisadas no Amazonas foi de 1,79% no primeiro semestre de 2012.

COMENTÁRIOS