Portal Amazônia » Notícias » Matéria

atualidades

13/09/2012 às 9:55 Redação - jornalismo@portalamazonia.com

Justiça suspende publicidade do Governo do Amapá

O entendimento é que administração estava beneficiando a candidata do PSB à Prefeitura de Macapá, Cristina Almeida.

Foto: Reprodução

MACAPÁ – O juiz Rommel Araújo, determinou que o governo do Amapá suspenda propagandas institucionais durante a campanha eleitoral. O entendimento é que administração estava beneficiando  a candidata do PSB à Prefeitura de Macapá, Cristina Almeida.

De acordo com o juiz, o Governo divulgava programas governamentais que eram citados também na campanha da candidata. “Isso cria relação do governo estadual com a propaganda eleitoral de Cristina, o que causaria desequilíbrio no pleito”, destaca Araújo, que atendeu representação da chapa do prefeito Roberto Goés (PDT), que tenta a reeleição.

O governo terá de suspender “toda e qualquer” propaganda, seja em rádio, televisão, jornais, sites ou redes sociais, sob pena de pagar R$ 100 mil por dia. A exceção é se houver “situação grave e de urgente necessidade pública”, que deve ser aprovada pelo Tribunal Regional Eleitoral no Amapá (TRE).

Em nota, o governo estadual declarou que vai recorrer e que discorda da decisão, por entender que a divulgação de ações de interesse público é praxe na gestão. E informou também que o site de notícias do governo o Agência Amapá, estará fora do ar por tempo indeterminado.

COMENTÁRIOS