Portal Amazônia » Notícias » Matéria

amazonia

03/04/2012 às 8:24 Redação- jornalismo@portalamazonia.com

Guaraná da Amazônia serve como matéria-prima para produção de papel

A descoberta surgiu a partir da parceria entre pesquisadores e pequenos empreendedores do Amazonas.

Foto: Ribamar Caboclo

MANAUS - Considerado um fruto sagrado pelos indígenas, o guaraná também é matéria-prima para refrigerantes e xaropes. O que muitos ainda não sabem é que com a frutinha é  possível produzir papel. A descoberta surgiu a partir da parceria entre pesquisadores e pequenos empreendedores do Amazonas.

De acordo com a empresária Salete Rocha, os estudiosos utilizam o refugo (resto) e o pigmento do guaraná para obter o papel. “A gente faz os testes com a composição de polpa até chegar ao ponto ideal”, destacou.

Benefícios do guaraná

O guaraná é um arbusto originário da Amazônia. Encontrado no Brasil e Venezuela, o fruto é cultivado principalmente no município de Maués (AM) e na Bahia. Os pequenos frutos vermelhos do guaraná trazem enormes benefícios a Saúde. Estudo realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Bioquímica Toxicológica (UFSM), em parceria com Universidade Aberta da Terceira Idade (Unati) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) indica que a medicina natural já considera os frutos um dos alimentos capazes de revigorar as perdas orgânicas.

Riqueza de Maués

Em Maués (a 267 quilômetros de Manaus), os amazoneses cultivam o guaraná. Os moradores estão acostumados a plantar o fruto, colhê-lo, transformá-lo em bastões e ralar o guaraná na língua do pirarucu – conhecida como uma lixa natural por conta dos micro-dentes do peixe amazônico. Além de servir como fonte de renda para as famílias locais, o fruto enriquece o cardápio dos ribeirinhos.

Uma pesquisa indicou que o guaraná também está entre as prováveis causas da longevidade dos idosos de Maués.

TAGS

COMENTÁRIOS