Portal Amazônia » Cultura » Matéria

variedades

05/12/2012 às 15:47 Yago Ferreira - jornalismo@portalamazonia.com

Propostas de verbas do Carnaval 2013 são entregues à SEC, em Manaus

Os desfiles das escolas de samba acontecerão na primeira semana de fevereiro, nos dias 7, 8 e 9 de fevereiro.

Na reunião se discutiu as propostas de patrocínio para o desfile de 2013. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

Na reunião se discutiu as propostas de patrocínio para o desfile de 2013. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

MANAUS – O ritmo para o carnaval 2013 começa a ser acertado. A Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e a Associação do Grupo Especial das Escolas de Samba de Manaus (Ageesma) se reuniram para tratar do evento, que acontecerá nos dias 7, 8 e 9 em fevereiro. Oito escolas do Grupo Especial desfilarão no Sambódromo, no bairro Flores, zona Centro-Oeste de Manaus.

Na reunião se discutiu as propostas de patrocínio para o desfile do próximo ano. Segundo o secretário de Cultura, Robério Braga, as escolas deverão apresentar as propostas para que a SEC avalie a possibilidade de auxiliar financeiramente. Entretanto, o secretário ressaltou que não há um recurso pré-determinado para atender as escolas de samba.

Em relação ao nível do carnaval manauara, Robério, espera um desenvolvimento das festas produzidas. “A vontade é que o carnaval cresça ainda mais. Poderíamos estar em um nível mais elevado. Mas compreendo que para isso há fatores indispensáveis como organização das agremiações e capacidade de mobilização das comunidades”, disse.

O Secretário ainda informou que reuniu com os representantes das agremiações do grupo de acesso para acertar detalhes na última segunda-feira (03). Na afirmação do secretário, o presidente da liga, José Ribamar, apresentou pedido de apoio. Robério ainda informou que pediu ‘cartas’ das agremiações para oficializar o pedido e assim, a SEC avaliar a solicitação e realizar o convênio.

O presidente da Ageesma, Elimar Cunha, informou que deveria protocolar o pedido na terça-feira (05). De acordo com o representante, o valor solicitado terá como base a quantia solicitada em 2011, R$ 241 mil para cada escola do grupo especial. Na opinião do presidente, o Carnaval 2013 terá um forte ganho cultural para o povo manauara. “Os temas históricos das escolas vão fazer do sambódromo, uma verdadeira sala de aula sob o céu”, disse.

Apesar de problemas logísticos, o presidente do grupo especial acredita em uma noite inesquecível. “Estamos com quatro galpões sem energia, mas estamos trabalhando duro para fazer um carnaval de qualidade. Ficaremos mais tranquilo quando tivermos a verba definida”, declarou.

Entre as escolas do grupo principal que devem se apresentar estão: Balaku Blaku, Grande Família, Mocidade Independente de Aparecida,  Sem Compromisso e Vitória Régia. A escola Presidente Vargas foi a escola que subiu do Grupo de Acesso para o Grupo Especial no último carnaval.

COMENTÁRIOS