Portal Amazônia » Cultura » Matéria

turismo

20/05/2013 às 17:25 Portal Amazônia, com informações de Assessoria

Aos 24 anos, Palmas abriga belezas turísticas, cultura e gastronomia singular

Localizada no centro do Brasil, a jovem capital do Tocantins é totalmente planejada para respeitar o meio ambiente.

PALMAS – Localizada exatamente no centro do Brasil, a jovem capital do Tocantins é planejada para ser uma cidade de respeito às reservas ambientais. A cidade comemora 24 anos de aniversário nesta segunda-feira (24). Todos estes itens formam o convite para viajantes. O lugar é ideal para curtir a pesca e também esportes náuticos.

Uma das pedidas é a internacional Feira do Bosque, que reserva quitutes, artesanatos e músicas. As cachoeiras da região de Taquaruçu, entre outros tantos locais de preservação impecáveis, também entram nos programas de viagens.

Confira alguns atrativos turísticos de Palmas:

Praça dos Girassóis: Sede dos três poderes, localizada em uma área de 10,8 km2. É um complexo de edifícios oficiais e monumentos, perdendo em área apenas para a Praça da Paz Celestial na China.

Praia da Graciosa. Foto: Divulgação/Governo de Tocantins

Praia da Graciosa. Foto: Divulgação/Governo de Tocantins

Praia da Graciosa: Situada à margem direita do Lago de Palmas, com uma boa estrutura receptiva pra refrescar o calor. São bares e restaurantes, pistas de cooper, quadras, banheiros e posto de saúde.

Praia da Graciosa. Foto: Divulgação/Governo de Tocantins

Praia da Graciosa. Foto: Divulgação/Governo de Tocantins

Feira do Bosque: A Feira do Bosque, que acontece todos os domingos, no paço municipal em frente da prefeitura, traz o trabalho de mais de duzentos artesãos, além das barraquinhas de comidas típicas.

Lago de Palmas: Com 54 quilômetros de margem somente na capital, o famoso Lago de Palmas, formado pela construção da usina hidrelétrica que abastece a região, é perfeito para a prática de esportes náuticos.

Lago de Palmas. Foto: Werner Zotz

Lago de Palmas. Foto: Werner Zotz

Taquaruçu: A apenas 30 km do centro, o distrito de Taquaruçu é um refúgio para quem quer clima serrano em Palmas. São mais de 80 cachoeiras e boa estrutura para receber o visitante.

Taquaruçu. Foto: Divulgação/Ministério do Turismo

Taquaruçu. Foto: Divulgação/Ministério do Turismo

Gatronomia: As comidas típicas do centro do Brasil reúnem um pouco dos quatro cantos do país: os peixes de água doce, como o tucunaré, a corvina, o tambaqui. A paçoca de carne seca pilada com farinha de mandioca. O arroz com pequi ou a buchada de bode.

Tambaqui Assado. Foto: Ricardo Corrêa/Globo Rural

Tambaqui Assado. Foto: Ricardo Corrêa/Globo Rural

Artesanato: As peças em capim dourado simbolizam a região e são como jóias. Também estão entre as opções, trabalhos em fibra de buriti e babaçu, além da cerâmica, cestarias e adornos indígenas.

Artesanato em capim dourado. Foto: Divulgação/Adilvan Nogueira

Artesanato em capim dourado. Foto: Divulgação/Adilvan Nogueira

A capital abriga um clima tropical, com temperaturas osciladas entre 22ºC e 36ºC. Os acessos por via rodoviárias podem ser feitos através de São Paulo (SP-310, BR-153 até Goiânia); Gaoiânia (BR-153, TO-080); Rio de Janeiro (BR-040 até Brasília); Brasília (BR-060, BR-153, TO-080).

COMENTÁRIOS